Açorda de camarão

Açorda de camarão

A origem etimológica da palavra açorda é a palavra árabe tharada que significa “migar pão”, o termo açorda em português provem do árabe andalusi que era falado na Península Ibérica, prato este que tem no pão o seu principal ingrediente.

Com o passar dos anos a receita se transformou numa referência em Portugal de Norte a Sul do País, e sofreu várias denominações até chegar ao nome açorda propriamente dito. Ela faz parte da história do povo português, uma vez que sua concepção se baseia em um dos pilares da alimentação portuguesa, que é o pão.

Hoje ainda, o pão é um produto estruturante na nossa alimentação, sua aplicação na açorda, ajudou nas sequencias de crises alimentares pela qual passou o País ao longo dos séculos, era e ainda é uma forma de utilizar o pão mais velho, e consequentemente mais seco no caldo por ter uma absorção mais rápida.

Das inúmeras açordas que são preparadas em nosso País, a Açorda à Alentejana é a de longe a mais famosa, entretanto, temos uma imensa variedade de receituário na zona costeira, por exemplo, temos as preparadas com peixes e mariscos, da Beira ao Alentejo com o bacalhau, e no Alentejo as preparadas com carnes de porco e enchidos.

E o que deixa as nossas açordas saborosas? É a qualidade do nosso pão, isto significa que se mantivermos esta qualidade, poderemos criar as mais variadas receitas de açordas.

Em relação a esta açorda de camarão tivemos que mudar a sua finalização por questões de segurança alimentar, no meu caso de saúde mesmo, pois na apresentação final da receita costuma-se decorar com uma gema de ovo crua, não sendo possível no meu caso, entretanto, quem gosta, pode e quiser, fique à vontade.

 

  • 1kg Camarão médio
  • 400g Pão caseiro cortado em cubos
  • 2 Ovos batidos
  • 3 Dentes de alho picados
  • Coentros a gosto
  • Azeite a gosto
  • 1 Colher de chá de colorau picante
  •  Sal a gosto

 Dados úteis sobre a receita

  • Tempo de preparação: 40 minutos
  • Grau de dificuldade: baixo
  • Número de pessoas que serve: 2

Num tacho ao lume coza o camarão por 4 minutos.

Após os 4 minutos, retire os camarões para arrefecer e reserve a água que cozeu o camarão.

Descasque o camarão e reserve as cascas e a cabeça para adicionar no caldo que cozeu o camarão.

Leve novamente o caldo que cozeu o camarão ao fogo para dá uma fervura juntamente com a casca e a cabeça do camarão que foram anteriormente reservadas.

Corte os camarões em pedaços menores e reserve.

Num tacho ao lume prepare o refogado, adicione o azeite e o alho picado.

Assim que o alho estiver louro, adicione o caldo que cozeu o camarão.

Com o lume brando, adicione o pão caseiro, mexa até o pão ficar totalmente ensopado.

Acrescente de seguida o camarão, uma parte dos coentros, o colorau picante e o ovo, mexa para incorporar os ingredientes.

Sempre a mexer acrescente o sal, verifique o sabor, deixe cozer por mais uns minutos.

Desligue o lume e prepare os pratos

Decore com alguns camarões inteiros, finalize com coentros picados e se gostar com uma gema de ovo.

Espero que gostem e bom apetite.

 

 


Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial